Translate

quinta-feira, 16 de outubro de 2014

Venezuela integra órgão das Nações Unidas

Nicoloas Maduro, manifesta satisfação
«Este é um dia para sentir felicidade e alegria nos nossos corações, ao ver que a Venezuela no mundo, é um país querido, uma pátria admirada». 
Estas as palavras de Nicolás Maduro, ao tomar conhecimento da decisão da ONU - Organização das Nações Unidas de aprovar a integração da Venezuela como membro do Conselho de Segurança.  

«Esta é uma vitória de Hugo Chávez, que reposicionou a Venezuela como país de dignidade» vincou o presidente da Venezuela durante um Conselho de Ministros que decorria em Caracas, não deixando de agradecer o apoio da comunidade internacional, traduzida em 181 votos favoráveis à inclusão da pátria de Chavez na ONU.

Felicitações  ...do Ecuador
Ecuador um dos muitos Governos a felicitar  Venezuela
Depois desta tomada de posição e do regozijo dos venezuelanos por esta integração neste orgão permanente das Nações Unidas, muitas têm sido os apoios, as mensagens enviadas a Maduro, por parte dos mais altos representante das nações latinoamericanas e também de outros países do mundo.  
Em comunicado o Governo do Ecuador "felicita a Venezuela, por ter recebido este voto positivo para ocupar um lugar como membro não permanente do Conselho de Segurança da ONU, pois tal assento "era uma das aspirações regionais e uma posição para a qual a Venezuela vinha trabalhando desde há já vários anos". 
edificio sede da Organização das Nações Unidas
Constituição do orgão
Este orgão das Nações Unidas é recorde-se composto por cinco membros permanentes , que são Estados Unidos, Russia, China, França e Reino Unido, que têm aliás poder de veto, a que se juntam dez outros membros não permanentes, eleitos por un período de dois años, como é agora o caso da Venezuela que de um total de 182 votos efectivos mereceria a confiança e o apoio de 181 países do mundo (com respectivos votos).