Translate

segunda-feira, 14 de abril de 2014

Buika "bicho raro" da musica do mundo

Concha BUIKA estará não tarda de malas feitas para viajar rumo a Portugal, onde tem concertos marcados para 9 e 10 de novembro no CCB e na  Casa da Música, em Lisboa e Porto respectivamente no âmbito do Misty Fest'14



Mas afinal quem é e como se define de algum modo, Buika ?

Concha Buika é um das cantautoras espanholas mais importantes da actualidade. A sua carreira vive um  momento espectacular que a tem levado por todo o mundo. A joven artista não tem papas na lingua e afirma o que acha correto, oportuno e sentido numa entrevista a "Afroféminas".

És uma mulher negra que canta flamenco. A música não se livra de estereotipos mas há gente que identifca a existência de música de brancos, de negros, mestiços ...Que opinas?
Concha Buika: Não sei, mas sei que sou uma nota livre, tão liver como ar que há dentro das prisões dos países democráticos. Sinto que é bom que cada um pense em função do que sente. Ou Não...talvez o melhor seja que cada um sintacom base naquelo em que acredita. Bom melhor mesmo é crer naquilo que cada um sabe ser menos bucólico e mais realista. Mas por vezes não estou muito segura daquilo que sei...e outras ainda sei que por momentos não sinto nada, bom não sei é assim realmente...

Os puristas dizem que aquilo que fazes não é flamenco. Creio que és filha da fusão de musicas. Cómo definirías tua música?
Buika-  Posso dizer que a musica não é minha mas sim de todos. Mas também creio que os puristas têm razão ao dizer que jamais terei cantado flamenco. Canto sim aquilo que tenho na cabeça no momento e já terei cantado flamenco, porque é algo que me terá ocorrido em um dado momento. Canto o que estou sonhando agora na minha cabeça, o que estou trauteando no ceu da minha boca...o que tem saber e sabor . canto debaixo de influências, no quadro de uma lista de estilos...en transe...E quando canto viajo e na minha cabeça tudo muda.. Não sei desde onde tu me escutas, não posso fazer-me responsável pelo que sentes quando me ouves porque não conheço a habitação dos teus segredos. A musica é magia ..

Buika cruzou-se com grandes nomes do jazz e da música latina de todos os tempos, como Chucho y Bebo Valdés, Chick Corea entre outros ...A fama mudou essa menina de Palma de Mallorca?
Buika : Bom penso muitas coisas acerca de mim em diferentes momentos e seguindo os dias tudo muda de forma constante para volta a ser o mesmo. Sei que sou uma uma mutante com superpoderes e esse meu superpoder é o de sentir y crer que tudo é normal a todo o tempo.

Terei lido em algum lado que Buika terá dito que nunca se sentiu de todo espanhola. Qual é a relação com o teu país e como vês o que o Espanha sente por ti !
Buika :
Jamás terei dito que não me sentia espanhola. O que disse e digo é que me sinto de todos os lugares onde me sentem. e creio que isso de sentir-se de é algo espontâneo e íntimo… Bom sinto que o meu país é o de muitas pessoas fortes como Buika, com uma raça e origem que provocam uma força em mim mais que notória.
Sou de origem africana e sinto-o mas é dificil nascer em Espanha e não sentir o orgulho patrio que nos acompanha e marca os dias ainda mais ao correr mundo te dás conta que estás preparada para qualquer desafio. Esse é o resultado de uma complexa equação que tive no quadro dessa mistura de grandes culturas, com base nas tradições profundamente tribais e de uma empirica riqueza estrutural. É isso que têm as colonizações de todo o tipo, que no final com o o tempo e no mundo dão origem ao aprecimento de "bichos raros" como eu … Que hoje em dia, graças a Deus já somos do mais normal que pode existir.
Que vivan os seres multiformes com uma capacidad mutante como Buika !!!

CCB Lisboa e Casa da Musica  no Porto a 9 e 10 de novembro