Translate

terça-feira, 30 de setembro de 2014

Centenário de "Alma Llanera "

"Alma Llanera" um dos temas mais representativos da identidade venezolana, acaba de ser considerado de Interesse Cultural e parte integrante do Património Venezuelano. Este joropo, composto por Pedro Elías Gutiérrez com letra de Rafael Bolívar Coronado, viria,  recorde-se a ser apresentado pela primeira vez no Teatro Caracas, a 19 de setembro de 1914, no âmbito de uma zarzuela (pequena peça de teatro) altura a partir da qual se tornaria popular. 

Alma Llanera um segundo hino da Venezuela
Na atualidade esta peça musical é aliás de referência em actos nacionais e internacionais, sendo de execução obrigatória por parte de todas as Orquestas Infantis e Juvenis da Venezuela, bem como da Orquesta sinfónica Municipal. 
De honra e orgulho se enchem igualmente os Venezuelanos ao ouvirem Julio Iglesias, Placido Domingo,  Gilberto Santa Rosa ou tantos outros artistas nacionais e internacionais, interpretarem este famoso tema que ganhou fama muito para além das fronteiras deste país da américa latina.

“Alma Llanera: zarzuela en un acto” assim se designou a musica baseada no conto de Rafael Bolivar Conrado e que integrou então essa obra teatral que incluia partes vocais e partes faladas, segundo o original de Espanha.

Orquesta Juvenil do Uruguay mostra história da musica latina

Tangos de Carlos Gardel e de Astor Piazzolla, mas também candombé e composições argentinas e mexicanas, fazem parte do programa musical, apresentado pela Orquesta Juvenil del Sodre -Uruguay que por estes dias tem espectáculos marcados para Espanha. 

Girona, Madrid, Pamplona e Coruña, nos dias 1, 3, 6 e 7 de outubro respectivamente, constituem parte da "Gira" que a Orquesta Juvenil doUruguay tem vindo a realizar, contemplando as mais emblemáticas salas de espectáculos da Europa. Depois do magnifico Auditório da Filarmónica de Berlim, na Alemanha, das melhores salas de espectáculos de Estrasburgo e Nantes, bem como do concerto "aos pés "da grandiosa Torre Eiffel, em Paris a 
"Orquesta Juvenil del Sodre - Uruguay" sob a batuta do maestro e diretor Ariel Britos, composta por oitenta jovens apresenta-se em Espanha.  A partilha deste seu repertório, que integra todo um conjunto de temas e expressões musicais várias, qual verdadeira "história da musica latinoamericana de todos os tempos" com estes públicos e nas mais belas salas da europa, constitui a concretização de um sonho, desde sempre desejado por estes jovens músicos do Uruguay,  refere Ariel Britos. 

Esta primeira "Gira" ou tornée europeia da Orquesta Juvenil do Uruguay termina no «Palácio Opera de La Coruña», dia 7 de outubro, quase um mês após o concerto realizado em Berlim.

segunda-feira, 29 de setembro de 2014

7ª Arte latinoamericana está bem viva !

Puro engano !!! Existe produção cinematográfica na America Latina e de qualidade. A prova disso mesmo é a realização já da VII edição do Festival  de Cine Latinoamericano y Caribeño de Margarita, que terá lugra de 5 a 12 de outubro, na Venezuela.
Este evento centrado na 7ª Arte que se vai fazendo um pouco por toda a america latina, conta com uma panóplia de filmes a concurso nas mais diferentes áreas e formatos, desde os documentários, estrangeiros e venezuelanos, às medias e curtas metragens, não esquecendo os filmes de animação e ainda o denominado cine comunitário. 
Duas secções dedicadas, uma à produção Venezuelana, outra onde se dá a conhecer o que tem sido feito ao longo dos anos no Uruguay concentram atenções neste Festival onde os grandes prémios valem público, a critica e 10 mil dólares. Mas neste magno evento e por várias razões a pelicula mais aguardada será «Cantinflas» protagonizada pelo espanhol Oscar Jaenada. A obra dirigida por Sebastián del Amo é aliás candidata aos Oscares e continua a conquistar simpatias e públicos tanto no México como neste vasto territorio, onde desde sempre existiram milhares e milhares de fans desta cómica personagem que encantaria o mundo e se assumiu como refrência maior da 7ª arte. 
Pela bela ilha de Margarita, vão passar, em competição verdadeiras
 "Obras-Primas" latinoamericanas em representação da Argentina como “La utilidad de un revistero” de Adriano Salgado, a mexicana “Asteroide” realizada por  Marcelo Tobar, além de “La casa del fin de los tiempos”, de Alejandro Hidalgo, representando o país anfitrião. 
De referir que competem em termos de películas "made in " Venezuela  “Bolívar, el hombre de las dificultades” (de Luis Alberto Lamata), “Dos de trébol” (Orlando Rosales y Jessica Wenzelmann), “El psiquiatra” (Manuel Pifano), “Papita, maní, tostón” (Luis Carlos Hueck) y “Azotes de barrio” (Jackson Gutiérrez y Carlos Malavé) o que demonstra que o cinema neste país da America Latino está vivo!

"Mafalda " a menina rebelde que nunca deixou de o ser ...

 Conhecer a menina curiosa, rebelde e preocupada com os problemas que o planeta enfrenta é o desafio que se coloca a todos quantos visitem por estes dias, a Biblioteca Nacional Mariano Moreno, em Buenos Aires, na Argentina. 
 
Uma exposição que assinala os 50 anos de "Mafalda", uma das mais populares bandas desenhadas em toda a América latina e no mundo, com a assinatura de Quino, está patente até dezembro na Biblioteca Nacional Argentina.

Conhecidas histórias, alguns inéditos, o traço inconfundível de Joaquin Salvador Lavado, mais conhecido mundialmente por Quino, mas também muita da correspondência do autor com os leitores de "Mafalda", ao longo de meio século de actividade, constituem a oportunidade de ver ou rever (ler e reler), a simpática menina que não gostava de sopa. Esta caracteristica esteve aliás, na origem da presente mostra intitulada «Mafalda en su sopa».
A obra prima de Quino
Quino, como ficou conhecido Joaquin Salvador Lavado
O humorista gráfico Joaquin Salvador Lavado, criador de várias obras, entre as quais figura a popularissima "Mafalda" banda desenhada que foi sendo publicada com enorme êxito, entre 1964 e 1973 é de nacionalidade argentina.
 
Quino, ou Joaquín Salvador Lavado, nasceu dia 17 de julho de 1932 na cidade de Mendoza (Argentina). Recebeu o apelido desde pequeno, para se difrenciar de seu tio Joaquín Tejón, pintor e desenhista publicitário com quem aos 3 anos descobriu sua vocação. Quino completado o ensino primário, inscreve-se na Escola de Belas Artes de Mendoza, a qual viria a abandonar para se dedicar a desenhar as histórias aos quadrinhos e humor que haveriam de o tornar conhecido em todo o mundo.

"Mafalda" é sem margem para dúvidas a obra-prima de Quino. A garotinha aparentemente inocente e seus amigos, constituem a forma do desenhista refletir sobre a política, a economia e a sociedade em geral, sempre com um toque de humor. Traduzida em 10 idiomas, exportada para vários países, a «Mafaldinha»  viria a integrar campanhas da UNICEF, ser o grande motivo de cartões-postais e de selos argentinos.

domingo, 28 de setembro de 2014

Azulejo tradicional português no Chile

Metro chileno ostenta azulejo tradicional português em obra com assinatura de Rogério Ribeiro.

obra artistica em azulejo com assinatura de Rogério Ribeiro
Sim é grandioso ! É arte sim senhor ! E tem assinatura do grande artista plastico Rogério Ribeiro. Ah obra em azulejo tradicional "made in" portugal e para mais pinado à mão.
Qualquer coisa como 44 mil azulejos tradicionais portugueses os que tomam parte na obra artistica de Rogério Ribeiro, realizada na Estação de Santa Lucia, no metropolotino do Chile.
Numa das mais movimentadas estações do metropolitano da capital chielna lá está a marca do artista Rogério Ribeiro e uma das referências à arte e cultura portuguesas espalhadas pelo mundo. 

Metro de Santiago do Chile
«Azulejos para Santiago » assim se denomina o painel de 600 metros quadrados que tem a assinatura do grande Rogério Ribeiro, Uma verdadeira epopeia marítima esta que Rogério Ribeiro mostra nesta obra de arte, toda feita com azulejos pintados à mão. Um painel composto com azulejo tradicional português, em tons de azul e branco, com uma dimensão 14x14 cm, que desde 10 de novembro de 1996 está naquela estação do metropolitano chileno. Na foto pormenor do trabalho de Rogério Ribeiro. A obra refira-se foi doada pelo Metropolitano de Lisboa à congénere chilena- Metro de Santiago do Chile

Diversa é a temática e autoria das muitas obras que fazem toda a diferença no metropolitano de Santiago do Chile. Realizadas por consagrados artistas plásticos do mundo, mas também por força dos olhares e muita capacidade criativa de crianças chilenas, o metropolitano é assim o grande espaço de arte e comunicação, com quem utiliza este tipo de transporte de massas, rápido e cómodo, neste caso naquele país da america latina - o Chile.

sexta-feira, 26 de setembro de 2014

Arte argentina ganha Feira e compradores

O mercado de Arte está a crescer de forma significativa na Argentina. Este é um bom indicador económico e cultural, numa altura em que se prepara mais uma edição da Feira de Arte Contemporâneo EGGO, marcada para os dias 3 a 6 de outubro no Centro Cultural Recoleta, em Buenos Aires.  

o mercado de Arte cresce na Argentina
De acordo com dados divulgados pela Asociación Argentina de Galerías de Arte (AAGA) registou-se este ano, um acréscimo de vendas  no mercado de Arte na ordem dos 25 por cento, relativamente a igual período de 2013.
Curiosamente num país como a Argentina, onde existem cerca de 25 mil artistas e mais de 300 galerias a funcionar de forma permanente, 60 das quais, abrindo portas a jovens artistas e seus trabalhos este não deixa de ser um indicador positivo e um prenúncio de êxito do certame que aí vem, marcdo pela Qualidade, a diversidade de obras e estilos em exposição. 
Existe uma mudança de paradigma, com uma maior interesse e acessibilidade a obras de arte de qualidade,  por parte dos cidadãos. E de um luxo a arte, torna-se num elemento de decoração, uma oferta diferenciadora pra o consumidor, além de constituir um modo de investimento, dinamizando este mercado que contabilza qualquer coisa como 22 mil obras transaccionadas nos primeiros 8 meses do ano corrente, ou seja uma acréscimo de 4 mil face ao ano transacto.
Aliado ao facto de estarem a surgir novos artsitas, haver espaços expositivos permanentes, quer para novos quer para artistas já consagrados, tambem será de juntar o manifesto interesse pela arte, por parte de pelo menos 4 em cada 10 argentinos.

Feria de Arte Contemporáneo EGGO
Centro Cultural  Recoleta -de 3 a 6 de octubre
Buenos Aires (Argentina

Na RAIZ dos seus povos e paises...

RAIZ -Este é o nome de um novissimo e badalado projecto, poderia dizer-se a três vozes (femininas) e outros tantos nomes da música da america latina ou cantada em espanhol se preferirem. E falado porque e já um sucesso por todo o lado, ao ponto de estar duplamente nomeado como "Album do Ano" e "Melhor Album de Música Folclórica", para os "Latin Grammy 2014" cuja gala, diga-se terá lugar como habitualmente em Las Vegas, lá quase para os finais de novembro.

RAIZ -É uma emotiva mosta da  "música de raíz" de três paises - México, España e Argentina, tanto mais que nos traz em pleno século XXI, todo o sabor e riqueza ancestral destes mesmos "recantos" do mundo.

Tudo terá começado anos atrás, com o cruzar de caminhos, raizes e músicas por parte deste grande e maravilhoso trio de cantantes, adimiradas e respeitadas em todo o mundo. As suas carreiras são bem o retrato das suas origens, das ligações ao folclore e aos respectivos povos e paises- México, Espanha e Argentina.
E na construção de  "Raíz" cada uma das três cantantes seleccionou um conjunto de temas com os quais o público sempre as identificou, partilhou mesmo interpretando em coro, ao longo de suas carreiras. e de forma consensual  se chegou a 16 canções que as apresentam ou representam, que as ligam à suas terras e que agora são temas comuns, sentidos por Lila, Niña e Sole e onde cada uma acrescenta a sua personalidade e sentimentos, a sua voz ...mas sem que se tenha perdido a origem dos temas. 

Chacareras, huapangos, rumbas, sevillanas y rancheras, são alguns dos géneros tradicionais que encontramos neste trabalho discográfico, cheio de vida com uma sonoridade rica em cores numa prposta unica que só estas três grandes artistas nos poderiam proporconar. 

Niña Pastori, Lila Downs e Soledad  um trio de grandes vozes latinas
Lila Downs, Ninã Pastori e Soledad três mulheres (belas) e únicas que representam este conjunto de povos  irmãos e que ao cantar nos trazem as cores, a paixão, as sonoridades do folclore de suas terras, ou seja, nos mostram as culturas indigenas, espanhola e mestiça... Pureza, verdade, alma, tradição, paixão são assim notas de Raíz feito com o coração e por este talentoso trio que não só representa os seus países de origem como a riqueza e diversidade musical e cultural de toda a america latina.

Uma merecida referência à produção de "Raíz  na qual  se envolveram respeitados nomes da música como  Aneiro Taño y Julio Jiménez "Chaboli", também Paul Cohen  que participa profundamente en vários arranjos, conseguindo armonías, melodías, estilos, acordes e elementos musicais tradicionais combinados con sonoridades actuais. Argentina, España e México, sobretudo o histórico  estudio Sony Music foram palco ou cenário de encontro das artistas e gravação destas maravilhosas e inconfundiveis vozes latinas.

quinta-feira, 25 de setembro de 2014

Hoteleiros apostam no destino Cuba

As maiores cadeias hoteleiras do mundo vão continuar a apostar em Cuba como destino turistico, uma situação que agrada às autoridades locais que tudo têm feito para se promover junto de diferentes paises emissores de turistas, sendo crescente o número daqueles que tomaram lugar nos voos com detino à "mitica" ilha da Revolução, nos últimos anos.


O  património histórico é uma das marcas de Cuba 
Cuba irá continuar a crescer
em termos turísticos, nos próximos anos, conquistando turistas em mercados europeus, nomeadamente França, Espanha, mas também graças aos crescentes fluxos de chineses para a pequena ilha de todas as cores e ritmos. As expecativas são muito optimistas ao ponto de duas das maiores cadeias hoteleiras do mundo estarem a preparar grandes investimentos em novas unidades não só em Havana mas também em Varadero e Cinfuegos. O patrimonio histórico em cidades como La Habana, Trinidad, Cienfuegos e depois praias de águas "calientes" constituem as preferencias dos turistas sobretudo os franceses um dos mercados emissores de turistas com elevado potencial de crescimento. 

Agosto de 2015 ficará maracdo pela abertura do Pullman Cayo Coco do grupo Accor que se prepara para ampliar a sua oferta hoteleira com novas unidades "Mercure" a abrir em  2016  e 2017 em Habana, Varadero y mais a norte do país de Fidel. Por sua parte a Meliá Hotels International,  grupo que há 25 anos se instalou em Cuba, tornando-se lider da  rede de hoteis naquele pais  latinoamericano, com um total de 27 unidades hoteleiras e 1. 176 quartos e elevadas taxas de ocupação, assegura  Narciso Sotolongo, sudirector da rede hotelera Melia. 

Defender o AmaZonas é album dos Doctor Krapula

Defender o Amazonas, o último pulmão do Mundo é um grito que se escuta cada vez mais e por todo o planeta, envolvendo milhares e milhares de cidadãos que com o seu conhecimento e consciência da importância deste território, dos povos e culturas que ele envolve, continuam a levar esta mensagem urgente a todo o lado.
preservar o Amazonas
A música e uma excelente forma de levar a mensagem aos quatro cantos do mundo, para chamar a atenção dos politicos para a tomda de medidas que preservem o planeta e garantam o futuro às gerações vindouras. 
É assim que sob a batuta dos DOCTOR KRAPULA grupo musical colombiano foi criado o album AmaZonas, nomeado refira-se para o prenuio Melhor Album Rock do Ano.

E tão importante é o território como a mensagem que várias dezenas de artistas de quase todo o mundo quiseram partilhar esta criação, agrupando-se  sob o nome de «Colectivo Jaguar» precisamente para dar força e voz a este magno grito de alerta e exigência de prerservação da realidade ambiental e cultural das comunidades do Amazonas - o último sublinhe-se grande pulmão do Planeta.

Este trabalho inclui canções de Doctor Krapula com muitas outras participações: Ruben dos Café Tacvba (Mexico), Roco dos Maldita Vecindad,(México), Moyenei Valdez dos Sonidero Mestizo (Chile), Manu Chao (França ), Latin Latas (Colômbia), Emiliano de No Te Va Gustar (Uruguay ), PULPUL de Ska-P (Espanha), Goy Karamelo (Argentina) Ulises Hadjis (Venezuela), Alfonso André de Caifanes (Mexico), Catalina dos Monsieur Perine (Colômbia),Chucho Merchan (Colômbia), Walka (Ecuador) y (Colômbia), Celso Piña (Mêxico), Gustavo Cordera y su Carana Magica (Argentina), Andrea Echeverri de Aterciopelados (Colômbia) Y Antombo (CAF- Colômbia) Héctor Buitrago de Aterciopelados (Colômbia), Che Sudaka (Espanha e Colômbia), Santiago Cruz (Colômbia), Moska de los Auténticos Decadentes (Argentina), Felipe Sachez de Via Rustica (Colombia), Pipe Onofre de Vibra Tierra (Colômbia), Elsa y el Mar (Colômbia), Lucas Salcedo (Colômbia), Vandana Shiva (India ), Jonathan Medinade Alto Grado (Colômbia), Andrés Henao de Cuarzo (Colômbia), Muni DAS (Colômbia ) y las comunidades del Amazonas (Brasil)

Melhor dos melhores nos Latin Grammy 2014 está então AmaZonas dos Doctor Krapula

quarta-feira, 24 de setembro de 2014

La Paz "talvez" uma das mais belas cidades do mundo

Que La Paz é uma das cidades mais altas do Mundo já ninguém duvida, já que se situa a uns 4.100 metros acima do nivel do mar. Mas a capital da Bolivia quer ser reconhecida como uma das sete cidades mais lindas do mundo e atributos para essa distinção não lhe faltam! A juntar a tudo isso está ainda o esforço e  trabalho de milhares de cidadãos bolivianos para que La Paz fique ainda mais bela... 
Contudo nesta mesma "corrida" promovida pela Fundação Suica 7wonders estão várias outras cidades do globo, com inúmeros atributos como são os casos de Quito no Ecuador, La Habana (Cuba), Barcelona em Espanha, além de Bangkok (Thailandia) Beirut (Libano), Chicago. (EUA), Doha (Qatar), Durban (Africa do Sul) e Estambul na Turquia.

La Paz a bela e alteneira capital boliviana
O aspecto topografico de La Paz, o imponente Illimani, uma montanha situada a 60 quilometros da capital boliviana, com os seus oito quilómetros de longitude são de facto aspectos impressionantes de La Paz, assim como a própria urbe, onde vivem e trabalham qualquer coisa como 800 mil habitantes, destaca Jean Paul de La Fuente que em nome da fundação suiça visitou recentemente a capital boliviana. Fundada a 20 de outubro de 1548 pelo capitão Alonso de Mendoza, Nuestra Señora de La Paz é hoje uma cidade de desafios e caracteristicas únicas no mundo, reconhece o membro da organização suiça. 

Caracteristicas e aspirações à parte, certo é que o veredito só será conhecido em meados de outubro que aí vem ...

"Los Botes cantam" mais que um espectáculo infantil ...

«Los Botes cantam» é bem verdade !!! Latas, garrafas, tubos, garrafões e tudo o mais a que a imaginação possa dar utilidade, servem para fazer musica no quadro de um espectáculo lúdico-pedagógico, destinado aos mais novos é verdade (mas que não deixará nunca os mais velhos indiferentes)!!!! É que muita para além da melodia, este trabalho made in Mexico, agrega palavras, transmitindo assim uma mensagem de futuro em que humildade, solidariedade e sensibilidade e sobretudo a ideia de que os recursos quaisquer que eles sejam não são intermináveis bem pelo contrário, havendo por isso que aproveitar  tudo ou quase o que temnos à nossa volta. O mundo pode ser bem mais alegre para todos , basta que queiramos preservá-lo !
Las zampoletas
Los Botes, nascem  com a intenção de criar nas crianças o gosto pela música bem como aproveitar a  sua inquietude natural, para executar um qualquer instrumento. A capacidade criativa dos mais novos, as caracteristicas ímpares dos instrumentos que se conseguem com este trabalho, bem como as sonoridades, têm um resultado que cativa a atenção do público infantil e constitui uma actividade lúdica e de entretenimento, indescritivel e irrepetivel mesmo que o espectaculo se repita junto de um mesmo auditório. Bem de acordo com a criatividade e inovação instrumental também os textos das canções de «Los Botes» tem em conta as preocupações ambientais e de defesa do planeta que os mais novos assumem desde já como tarefa sua...

«Los Botes Cantam» é então um grupo e um epectáculo musical em que os instrumentos resultam da construção partilhada de toda uma série de materiais,  diariamente ao nosso alcance mas aparentemente impensáveis por vezes, para a função musical.  

Las "Zampoletas", el "jarafon", el "liguero" que o mesmo é dizer  grarrafas, latas dos mais variados tamanhos e utilidades, até as simples caixas de pizzas, um funil, um escorredor de louça, a tubagem de plástico usada para as instalações eléctricas são mais valias para a música e o espectáculo presente, mas feito a pensar no futuro dos mais novos e do próprio planeta, que importa preservar e defender ! 
Dizer que esta experiência tem origem no México no já distante ano de 2003 por inciativa de Pedro Gandoval, Rocio Trujillo e Miguel Jaimes. Foi nessa altura  desenvolvida uma temporada de apresentações no Centro Cultural Universitário Casa de Las Diligencias, mas a receptividade ao projecto  estendeu-se a praças, ruas, escolas daquele estado e país da america latina, desde então e a um ritmo crescente e contagiante, repetindo-se ano após ano sempre com novidades e participações. Os os anos 2010, 2011 e 2012 em diversos Festivais Internacionais de Musica "Los Botes cantaram e encantaram! Mas refira-se este é um exemplo que bem se pode e deve reproduzir um pouco por todo o mundo e daí o trazer aqui esta magnifica experiência, pois de ideias e de futuro todos estamos necessitados, a bem das  crianças, da música e do planeta!

segunda-feira, 22 de setembro de 2014

"El viaje del acordeón"


O acordeon, um percurso de qualquer coisa como 16 anos do conjunto musical de Manuel Vega... e esse mitico «Festival de la Leyenda Vallenata, en Valledupar» ...! 
É disto que se fala n' «A Viagem do acordeon» filme com assinatura de Rey Sagbini (Colombia) que conta também com Andrew Tucker (Reino Unido). 
Uma obra que dos dá conta que a cinematografia colombiana está bem, segue o seu caminho e dá provas de maioridade versus maturidade.

Ano após ano Manuel consegue uma segunda e terceira posições mas ainda não o prémio más importante de todos - o de "Rey Vallenato".

""Un día llega una invitación para tocar junto a la legendaria orquesta de acordeones de la Hohner, en la Selva Negra alemana. Manuel y su conjunto emprenden un viaje épica a este país lejano, que les cambiará la vida para siempre y con el cual Manuel ahora espera ser el nuevo rey vallenato.""


"A Viagem do acordeon" referência del Cine colombiano

O sonho comanda a vida é uma velha expressão de uso comum entre nós latinos! E quem tem esperança, fé, capacidades, dotes ou competências e luta, sempre alcança, também é frequente ouvir-se e, não deixa de ser verdade !

"Sonho que comanda a vida ..."
E vem tudo a propósito de uma história feita de sonhos e realidades, de competências e luta por atingir objectivos, tendo por cenário a Colômbia e por "protagonistas" -o acordeon" , Manuel Vega e sua banda musical numa longa e colorida viagem .

Cartaz da mais recente obra do cinema colombiano
Bem se poderá dizer então que as raízes do músico, as tradições de um povo e de um país, as caracteristicas e sonoridades de um instrumento como o acordeon, o desejos e capacidades de "Manuel Vega" estão na origem da película de Rey Sagbini, realizada em 2013, mas que é já uma referência da nova cinematografia colombiana, representando mesmo o país no recém-realizado «1º Festival Internacional de Cinema de Caracas», na Venezuela, que colocaria em grande evidência filmes de toda a america latina. O êxito deste certame, vem comprovar não só a existência de dois lados indissociaveis da 7ª arte, ou seja a qualidade e diversidade de realizadores e obras nesta área do globo, como também de criticos e atentos consumidores desta forma importante de expressão - o cinema.



Do filme à assinatura vincadanente Colombiana
O acordeon, um percurso de qualquer coisa como 16 anos do conjunto musical de Manuel Vega... esse mitico «Festival de la Leyenda Vallenata, en Valledupar» ...! É disto que se fala n' «A Viagem do acorden» filme com assinatura de Rey Sagbini (Colombia) que conta também com Andrew Tucker (Reino Unido). Uma obra que dos dá conta que a cinematografia colombiana está bem, segue o seu caminho e dá provas de maioridade versus maturidade.

Ano após ano Manuel consegue uma segunda e terceira posições mas ainda não o prémio más importante de todos - o de "Rey Vallenato".

""Un día llega una invitación para tocar junto a la legendaria orquesta de acordeones de la Hohner, en la Selva Negra alemana. Manuel y su conjunto emprenden un viaje épica a este país lejano, que les cambiará la vida para siempre y con el cual Manuel ahora espera ser el nuevo rey vallenato.""

Dizer que Andrew Tucker estudou antropología visual em Manchester no Reino Unido e após trabalhar em vários documetais em diferentes países do mundo, este cineasta independente e professor na area da 7ª arte decide radicar-se na Colômbia, logo a partir de 2009. Andrew e Rey Sagbini, que cursa Cinema em Hamburgo, na Alemanha mas vive e trabalha em Santa Marta, na Colombia onde se cruzam e partilha a mesma paixão - a produção e realização cinematográfica.

sábado, 20 de setembro de 2014

Software livre conquista America Latina

Cuba, Venezuela, Uruguay, Ecuador, Brasil e Bolivia são paises "já conquistados" pelo Software livre. Poderá mesmo dizer-se que o desenvolvimento cientifico e tecnológico nestes países, está indissociavelmente ligado a esta forma de aceder ao mundo da comunicação. A acessibilidade dos mais desfavorecidos às tecnologias de informação e comunicação é mesmo a "bandeira" que este conjunto de Governos ergue por via da implementação paulatina do Software Livre, indo até nalguns casos a legislar de modo a tornar prática dos serviços públicos o uso deste tipo de software.  

Do pioneirismo às decisões legislativas 
O Brasil assume-se como pionero no desenvolvimento de software livre na América Latina, ao migrar de  forma massiva para o Software llivre ou dito de outro modo, para os sistemas de código aberto, na administração pública, nas escolas, em Universidades e mesmo no Banco Estatal. 
Em Cuba o uso de SL é mesmo política de estado, com o Governo a fomentar o uso do sistema operativo Linux, estendendo-o ao ensino Universitário através do SO Nova (sistema operativo Nova) que este desenvolveu e ajudou a implementar contribuindo para que Cuba, de acordo com dados de 2011 tivesse um quota significativa de uso de Linux, da ordem dos 6,3 por cento de toda a America Latina. 
Exemplo não menos importante vem do Uruguay que em dezembro de 2013, aprovaria a lei do Softwrae Livre e Formatos Abertos no Estado, ou seja estabelece a obrigação de uso de sistemas operativos  abertos no governo e nas mais diversas instituições públicas do país, além de colocar metas no desenvolvimento do software livre no quadro das comunicações informáticas.  
No mesmo sentido também se posicionou o Ecuador, ao aprovar em 2008 ( e já lá vão uns anitos) o Decreto 1014 que estabelece a obrigatoriedade do uso de tecnologias de codigo aberto nos diferentes serviços públicos, medida que contrinbui e muito para o desenvolvimento do "eCurul " isto é um programa que tem permitido a realização de votações eletrónicas na Assembleia Nacional do Uruguay.
E de país em país também o Governo da Venezuela por via de Decreto Presidencial decidiu o uso preferencial de Software Livre e do Linux muito em particular em toda a administração pública , nos diferentes ministerios e departamemntos governamentais. É também no quadro desta politica de acessibilidade do mundo da comunicação e informação que surge a aposta no desenvolvimento do Canaima Educativo, um programa que assenta não apenas na distribuição de computadores nas escolas, por todo o território venezuelano mas tambem a produção do computador " made in" Venezuela" com o que isso implica positivamente para o desenvolvimento da comunicação, dos sistemas informáticos e da economia do país. 

Ensino dá exemplo no uso de Software livre
Perú é outro dos países da america latina a tomar medidas para a implementação de Software Livre, quer no setor privado quer nos diferentes departamentos governamentais, na sequência aliás do que experimental e primeiramente foi feito na região de Lambayeque e devera ser extensival a outras regiões do país. De forma preferencial  no Mexico o uso nomeadamente do Linux, tem vindo a ser adoptado por decisão do Governo do Distrito Federal do Mexico. E posição muito semelhante se passa na Argentina onde as iniciativas e até um projecto de Lei esta a ser estudao pelo Senado com intuito de impulsionar o uso de programas informáticos de código aberto em todo o Estado. Já no Chile é o Ministerio da Educação que dá o exemplo ao introduzir em 90% das escolas, bibliotecas e Universidades o EduLinux, criado aliás pela Universidade de Frontera pondendo mesmo vir a ser obrigatorio o seu uso em todo o território. 

Numa palavra, o baixo custo, o desenvolvimemto e a acessibilidade às novas tecnologias de informação e comunicação são elementos que justificam a adopção dos sistemas operativos de código aberto uma acertada e inevitável medida de independência tecnológica deste conjunto de países da america latina e um factor de desenvolvimento, económico, social, cultural dos seus povos.

quinta-feira, 18 de setembro de 2014

Alfabetização de Ecuatorianos merece Prémio da UNESCO

UNESCO reconhece êxitos e inovação do projecto de Alfabetização ecuatoriano
Cerca de 325 mil pessoas aprenderam a  ler e escrever no Ecudaor entre 2011 e 2013 o que levou a um descrescimo significativo nos indices de analfabetismo naquela país da américa latina. Novo impulso no combate ao analfabetismo, no quadro do projecto de Educação Básica para Jovens e Adultos (EBJA) está actualmente em curso, procurando envolvendo até 2015 qualquer coisa como 150 mil ecuatorianos. Este esforço e os êxitos da metodolgia adoptada no Ecuador, levaram mesmo à atribuição do Prémio Internacional de Alfabetização "Rey Sejong" pelo UNESCO- Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura. Este é o reconhecimento mundial pelo âmbito e inovação do trabalho desenvolvido pelo Governo do presidente Rafael Correa que declarou a «Alfabetiização como tema prioritário».
Alfabetização considerada prioridade por Rafalel Correa
povos indígenas aprendem a ler escrever lingua materna
De acordo com dados do Ministério da Educação do Ecuador mais de 44 mil 021 pessoas aprenderam a ler e escrever na sua lingua materna (kichwa) mediante a metodología ecuatoriana de alfabetización 'Dolores Cacuango', a qual promove a identidade intercultural dos povos e nacionalidades índigenas : Waorani, Kichwa, Achuar, Tsachila, Chachi, Shuar, Awa, Siona, Secoya y Sapara. Outras 62 mil 561 pessoas de  etnia indígena bem como 29 mil 472 pessoas de etnia montubia e ainda 6 mil 287 afroecuatorianos, além de serem alfabetizados receberam formação familiar e comunitaria com enfoque nos direitos humanos, nas questões de saúde e nutrição, contribuindo assim para o êxito do projecto EBJA. 
De acordo com o Instituto Nacional de Estadística y Censos (INEC) os indices de analfabetismo no Ecuador eram em 2010,  da ordem dos 6,8 por cento, que o mesmo e dizer, mais de  670 mil pesssoas não sabiam ler nem escrever. 

terça-feira, 16 de setembro de 2014

Homenagem a "Cantinflas" candidato aos Globos de Ouro

A homenagem a "Cantinflas" é um dos grandes candidatos aos "Globos de Ouro" a atribuir em Hollywood, no início de 2015. 

A atribuição dos Óscares de Hollywwod, na sua 87ª edição,  que terá lugar em fevereiro do próximo ano, contará com a cinematografia mexicana, mais concretamente com a película biográfica de Mário Moreno, conhecido mundialmente e de forma memorável como "Cantinflas". A divulgação deste candidatos aos Globos de Ouro -2015 foi feita pela Academia Mexicana de Artes e Ciências Cinematográficas, numa sessão que contou entre outros com o diretor e produtor desta filme, motivo de orgulho para os Mexicanos e de homenagem a Cantinflas, respectivamente Sebastian del Amo e Vidal Cantú. 
ator e cómico mexicano Mario Moreno - "Cantinflas" referência na 7ª arte

"Cantinflas: La Película", a  biografía do reconhecido ator e ímpar comediante mexicano - Fortino Mario Alfonso Moreno Reyes, (de seu nome, nascido na cidade do México a 12 de agosto de 1911, vindo a falecer em abril de 1993), constituirá não só o revisitar do cinema mudo e do que nele representa o maior comediante mexicano de todos os tempos, mas igualmente um olhar para o que foi e é hoje, a produção cinematográfica naquele país da america latina.

Protagonizado pelo ator espanhol Óscar Jaenada (sublinhe-se a feliz coincidência!) "Cantinflas -a Pelicula" mostra a carreira de um comediante, que desde os primeiros passos até ao triunfo em Hollywood, onde chegou com «A volta ao mundo em 80 dias» baseada nessa grande obra de Júlio Verne e também como «Pepe» nunca deixou de manifestar enorme humildade e capacidades artisticas de primeiríssima linha., constituindo desde então um vulto na 7ª arte. Será de acrescentar ainda que Mario Moreno conquistou um "Globo de Ouro" para melhor ator na comédia musical intitulada «Passepartout» de Júlio Verne.

A cerimonia de atribuição dos "Globos de Ouro" na edição de 2015 tera lugar a 22 de fevereiro de 2015, sendo os candidatos dados a conhecer a 15 de janeiro.

sexta-feira, 12 de setembro de 2014

Argentina a crescer em "altura"

O Polo de Produção de Conteúdos Audiovisuais e Cinematográficos, cuja construção em Buenos Aires, arrancará em novembro próximo, constituirá o maior edificio jamais edificado em toda a america latina. 

"nova "Hollywood vai nascer em Buenos Aires
"Hollywood argentino", como já vem sendo designado o futuro edificio mais alto de toda América Latina terá qualquer coisa como 355 metros de altura e significará um investimento de 295 milhões de dólares (2 mil 500 millones de pesos- a moeda argentina) da empresa Riva.
"La Torre" vai converter-se num simbolo da capital Buenos Aires, constituindo uma referência arquitetónica ímpar, quer para os argentinos, quer em toda a America Latina e o mundo, tanto pela sua originalidade, criatividade e funcionalidade", sublinhou  Cristina Fernandes, a presidenta da Argentina, na apresentação deste magno projecto cujo desenvolvimento faseado se prevè para os cinco anos proximos.

Similar ao Central Park em Nova York, o «Polo de Producción de contenidos Audiovisuales y Cinematográficos», contemplará uma magna e curiosa sala de espectáculos, à imagem e semelhança das Ilhas Malvinas, com uma capacidade para 15 mil espectadores, assim como áreas para os diversos sectores destinados à produção de conteúdos para cinema, televisão, bem como arquivos e depósitos de material, tambem um moderno e internacional  Hotel, a que se juntará o ""Museu de História das Artes Visuais". 

Bolivia escolhe "jefe" de Estado

A Bolívia vai escolher já no próximo mês de outubro, aquele que será o Chefe do Estado Plurinacional da Bolivia até ao ano de 2020. Na corrida à Presidência deste país da america latina, que faz fronteira com o Brasil  ao norte e a leste, com o Paraguai  e Argentina a sul , ainda o Chile e o Peru a oeste, estão nada menos que cinco candidatos apresentados por outros tantos partidos politicos, entre os quais Evo Morales, actual Presidente, eleito recorde-se com mais de cinquenta por cento dos votos entrados nas urnas em 2008.
Bolivianos com eleições marcadas para outubro
Partido Demócrata Cristiano (PDC), Unidad Demócrata (UD), Partido Verde de Bolivia (PVB), Movimiento Al Socialismo (MAS) y Movimiento Sin Miedo (MSM) estão nesta corrida que tem inicio a 19 de setembro e tem o seu terminos com o acto eleitoral marcado para 12 de outubro. Além do" jefe de Estado y vicepresidente del país " os mais de 10 milhões de bolivianos vão também escolher os membros do Parlamento nacional, para as várias legislaturas departamentais e os deputados aos órgãos regionais.
Mas a maior das curiosidades deste acto eleitoral é a disponibilização gratuita a cada um dos partidos concorrentes, de qualquer coisa como 10 minutos diários, tanto na Radio como na Televisão, bem como duas páginas na imprensa escrita, todos os dias a que se juntará ainda uma separata  semanal de 12 paginas, de modo a permitir a divulgação das várias propostas politicas ao eleitorado boliviano. 
Evo Morales candidato a novo mandato presidencial

A sufrágio apresentam-se então o actual presidente e candidato do MAS, Evo Morales,Samuel Doria pela  UD, Jorge Quiroga por PDC, Juan del Granado do MSM e Fernando Vargas do PVB.

De acordo uma sondagem recentemente publicada nos media bolivianos Evo Morales (MAS) surge como favorito com cerca de 50 por cento nas intenções de voto, logo seguido de Samuel Doria da UD com 19,1 por cento de apoios, surgindo Jorge Quiroga do PDC já abaixo dos 10 pontos em termos de intenções de voto dos bolivianos .