Translate

quinta-feira, 29 de março de 2012

Ruben Blades, cantor, compositor e ministro


Rubén Blades Bellido de Luna nasceu a 16-Julho de 1948, na Cidade do Panamá, Panamá.  Ruben Blades, o menino "salsa" foi pioneiro do movimento «Canção Nova». Pioneirismo esse, se assim se pode dizer, que advém do facto de ter gravado o seu primeiro álbum, aos 18 anos de idade,estávamos em 1966. Ruben Blades, fica famoso por escrever letras fortes politicamente, além dos sofisticados arranjos musicais, para a altura, o que viria a confirmar a versão de cantor "prodígio", que lhe valeria,  mais tarde, o salto para o "estrelato" por via da sétima arte,  o desenvolver de capacidades natas, para representar e compor para trilhas sonoras.


Esta predileção para a música, para a "salsa" em particular e também para o "rock' n roll " fica a dever-se ao facto de ser filho de pais músicos  - o pai, Ruben Blades um eximio percussionista e «Anoland Bellido de Luna» - a mãe, pianista, radialista e cantora de Ópera, bem como ter nascido e crescido num bairro operário da capital do Panamá. E desses tempos de menino (adolescente) fica o episódio do levantar das bandeiras panamiana a par com a americana, por parte de estudantes, na escola frequentada por Blades, tinha ele 16 anos. 
A polícia invadiria a escola e 21 jovens estudantes foram mortos, nos distúrbios posteriores, vindo o "jovem cantor" a tornar-se um dos activistas dos protestos e manifestações contra esse "assassínio massivo de panamianos.

Os anos passam e Ruben Blades muda-se em 1974 para os Estados Unidos, onde arranja trabalho numa empresa discográfica e neste pais acaba por gravar inúmeros e populares temas e albuns com a salsa a fazer dele uma estrela internacional. 
De músico da salsa a actor foi um passo e a sua estreia no cinema acontece em 1983, interpretando um "boxeur" que também cantava. Dois anos mais tarde Blades compõe a trilha sonora de «Dreams Crossover» e 1988 repete a produção para uma película de Robert Redford vindo a tornar-se também habitual compositor para filmes. Da sua caminhada fazem parte os dois diplomas em Direito e a corrida à presidência do Panamá, onde viria a ficar em terceiro lugar com cerca de 20% dos votos. Em 2004, foi nomeado ministro do Turismo do Panamá que acumula com o papel de activista social e defensor dos  direitos humanos em todo o mundo. 
Curioso é ainda o Avô dos Blades, ter sido um dos milhares de trabalhadores panamianos, envolvidos na construção do Canal do Panamá.

segunda-feira, 26 de março de 2012

Santiago CRUZ vai para estúdio e agenda Brasil


Santiago CRUZ, o cantante do momento na Colômbia prepara o seu próximo trabalho discográfico - o 4º, entrando em estúdio, em Madrid, ponto de encontro com Nacho Mano, produtor  do seu anterior álbum «Cruce de Caminos» e responsável pelo grande impulso na sua carreira musical.
Convertido num dos principais  solistas do actual pop latino Santiago CRUZ  pretende ainda durante 2012 levar "Cruce de Caminos" ao Brasil. Depois da platina pelo sucesso de vendas em 2011, ninguém terá dúvidas que os êxitos  são para repetir nos próximos meses com o México, Espanha, Brasil e claro, o seu país de origem, a aplaudir Santiago "ao vivo" nos palcos locais.  


De referir que o próximo trabalho culmina um período de dois anos e meio de pesquisas, arranjos e novos temas e após a popular versão ao vivo (como a foto documenta) que marcou a actividade recente de Santiago Cruz. 

domingo, 25 de março de 2012

CHAO com actuação em Bogotá


MANU CHAO  apresenta-se em Bogotá, na Colômbia para um concerto gratuito, promovido por uma estação televisiva, através das redes sociais. 
A data e o local estão confirmados - 3 de Abril, a partir das 15h00 (20horas em Portugal ) na Praça Bolívar.
O  espectáculo do cantautor franco-espanhol, integra-se no «La Esperanza» concerto gratuito, realizado anualmente para «promover a pluralidade, diversidade e inclusão»  e que terá transmissão em directo, através da "TV Capital"  estação televisiva local. Mais de 30 mil pessoas são esperadas neste espectáculo, em que para além de "Chao" actuam "La Derecha", " Skampida", "Nawal" e "La Etnnia", quatro conhecidas bandas da capital colombiana.
MANU CHAO,  cantor  franco-espanhol, que também canta em francês, espanhol, Inglês e Português tem actualmente em curso a  tornéé  denominada «Manu Chao Aventura» que contempla diversas cidades, tanto na Colômbia, como noutros países da América do Sul. 

sábado, 24 de março de 2012

Venezuela contrata a Estaleiros de Viana

A noticia surgiu na comunicação social portuguesa, mas como em tempo de crise (talvez mesmo por ela) o que hoje é verdade amanhã será mentira ...mas ainda assim importará fazer eco e pela minha parte estarei não só atento nos próximos tempos, mas irei igualmente de "motu" próprio confirmar da veracidade deste facto noticioso...!!!

«Os Estaleiros Navais de Viana do Castelo (ENVC) deverão começar dentro de dois a três meses a construir dois navios asfalteiros para uma empresa petrolífera da Venezuela, anunciou a administração. O negócio tem um valor estimado de 128 milhões de euros e a entrega dos navios está prevista para Fevereiro de 2014.
A administração dos Estaleiros Navais de Viana do Castelo (ENVC) prevê que dentro de "dois a três meses" poderá receber o aço necessário para desbloquear o processo de construção dos navios asfalteiros para a Venezuela.
"O mês de junho é uma data possível para o início do corte de chapa, contudo dependerá do processo de aquisição do aço, nomeadamente das condições de prazos dos fornecedores", explicou uma fonte da administração dos ENVC à Lusa.

Os ENVC já receberam a primeira tranche, correspondente a 10% do contrato, e desde Julho que têm o projeto de construção concluído, o qual não podia avançar devido à falta de liquidez para garantir a aquisição do material.
Para a empresa pública, este negócio, o único ainda ativo nos ENVC, representa cerca de 1,3 milhões de horas de trabalho durante três anos.

O negócio, que foi celebrado em contrato com a petrolífera venezuelana em Outubro de 2010 e que contou com a presença, em Viana do Castelo, do presidente da Venezuela, Hugo Chávez, envolve a construção de dois navios de 190 metros e 27.000 toneladas.
Os navios, que vão ser construídos nos estaleiros de Viana do Castelo, estão destinados ao transporte asfalto a 200 graus centígrados, nos seus oito tanques, cada um com 23.000 metros cúbicos de capacidade.

terça-feira, 20 de março de 2012

Papa Benedito XVI em Cuba


Cuba prepara-se para receber dia 26 de Março, sua Santidade o Papa Benedito XVI,  numa cerimónia difundida para o mundo, que decorrerá a partir da "Plaza Antonio Maceo" em Santiago de Cuba.

E tudo está pronto e bonito como a foto documenta!! Fruto do talento de um grupo de artistas e  técnicos santiagueros esta magna praça, acabaria por ser convertida ao cenário e aos momentos históricos trascendentais na vida deste "pequenos grande país", onde tudo e todos se aprontam para neste lugar já por si muito especial, onde o Papa Benedicto XVI irá transmitir a sua mensagem ao Mundo, desde Cuba. 
Antecipando a sua visita a Cuba, o Papa Benedito XVI já condenou "o longo e inexplicável bloqueio a Cuba" numa critica acérrima e mais que oportuna, ao vizinho país - os states of América, os seus dirigentes máximos, anteriores e actuais com Obama por responsável -mor. 

domingo, 18 de março de 2012

Venezuela oferece livro de Fidel

Os visitantes da Feira Internacional do Livro - FILVEN 2012, em Caracas, foram este domingo (18 de Março) brindados com a oferta do livro  «Por todos los caminos de la Sierra: La Victoria Estratégica», a mais recente obra de autoria do líder histórico cubano, Fidel Castro. 
Um total de 10.000 exemplares desta obra do histórico líder cubano, serão este domingo, distribuídos gratuitamente aos Venezuelanos, numa iniciativa que "será replicada em outros estados da Venezuela", de acordo com um calendário elaborado pelo Ministério da Cultura daquele país latino-americano. 
Mais de 220.000 (duzentas e vinte mil) pessoas participaram já, ao longo da semana neste evento Venezuelano que "promove o livro, a leitura, o contacto com os escritores" e as estimativas para este domingo eram na ordem dos 45.000 visitantes, dos quais sublinhe-se, 10.000 serão contempladas com este "regalito".
A Filven 2012, que acontece anualmente em Caracas é muito participada pois «a Venezuela é um país de leitores e, a cada dia há mais e mais editoras, além se replicarem também as Feiras do Livro, em cada estado, o que nos deixa satisfeitos" pelo que esta oferta não deixará de ser extensiva a muitos outros venezuelanos" adiantou o chefe do Ministério da Cultura, Pedro Calzadilla. 





sexta-feira, 16 de março de 2012

Santiautor e a música “luso-gallega”


Até ao próximo dia 29, decorre em Santiago de Compostela, na Galiza, mais uma edição do “Santiautor” (Festival de musicas de autor de Santiago de Compostela). 
Na edição 2012 do Festival de "músicas do mundo” (pois esta forma de arte não conhece fronteiras), muitas são as propostas musicais e as mostras de jovens compositores… Mas permitam-me destacar o que poderia apelidar de “união feliz galego-brasileira” (ou luso–galega se preferirem) que tem como protagonistas, a cantora Ugia Pedreira e músico Fred Martins.
Este duo, cujas actuações são sempre uma agradável surpresa é composto pelo músico e compositor brasileiro Fred Martins e a cantora gallega Ugia Pedreira. Uma parceria que nos traz uma mistura da música popular galega com a bossa nova e outros ritmos do Brasil, onde os sotaques, os sons, as palavras se confundem, para fazer qualquer coisa de original, que nos cativa e envolve… 
Ora ouçam…!

Pablo Albóran e Carminho juntos e ao vivo …


É verdade Pablo Alborán e Carminho vão finalmente estar "juntos e ao vivo", em Portugal, numa série de espectáculos, a realizar em Junho próximo.
A primeira apresentação entre nós, acontecerá a 8 de Junho no Pavilhão Multiusos de Guimarães, seguindo-se dia 9, no CNEMA, em Santarém e, um dia depois -10 de Junho (que por sinal também é de Camões e da Língua portuguesa), a dupla de grandes artistas, subirá ao palco no Parque de Feiras e Exposições, em Aveiro.
E tal como em Espanha e um pouco por toda a América Latina, o cantor espanhol arrasta multidões, consegue casas cheias, cativa milhares e milhares de fãs e seguidores (mais de meio milhão só no Facebook), dá origem ao “Club Pablo Alborán Portugal”  provoca a corrida à compra de ingressos ...
Previsto o esgotar de lotações … até mesmo em Oeiras, onde ficamos com “os olhos em bico” ao constatar que o preço dos bilhetes para este espectáculo, patrocinado pela “EDP” custa em média, duas ou três vezes mais, que nas restantes salas de espectáculos, onde Albóran e Carminho irão interpretar «Perdóname» um dos muitos êxitos, da ainda jovem mas muito promissora carreira do cantor espanhol.

Considerado o Artista do Ano de 2011, em Espanha, graças ao sucesso do seu álbum “Pablo Alborán”, rapidamente conquistou também Portugal com “En Acustico” album líder da tabela oficial de vendas, durante 25 semanas, alcançando com este trabalho "dupla platina".
“En Acústico” vamos encontrar o tema “Perdóname”, cujo teledisco foi, recorde-se filmado em Lisboa, constituindo um excelente “cartaz” promocional da cidade e país.

Natural de Málaga, Pablo Alborán estudou canto lírico, ópera, técnica vocal e manifesta paixão pelo flamenco e descobre "fado" tipicamente português.
Curioso é saber que “Alma” o mais novo álbum de Carminho, chega ao Top de vendas em Portugal, depois das 25 semanas de «En Acústico» a liderar, batendo mesmo recordes na Península Ibérica…  

in B80radio.com 

quarta-feira, 14 de março de 2012

Julieta Venegas tem já marcados vários concertos na Colômbia para Outubro...E não é que já estão em venda, muito interessante, quantitativamente os ingressos? De facto a voz e performances em palco da Mexicana cativam mas não existem dúvidas de que as redes sociais e neles as páginas oficiais (em cada país) bem como as de fãs contribuem para esta antecipada mobilização dos amantes da música da jovem cantora Mexicana que retoma as "giras" após um interregno curto para ser mãe...! Os Parabéns aqui ficam! Adelante.

Salvadorenhos enviam dólares para terra natal


Os Salvadorenhos residentes nos Estados Unidos, enviaram no passado mês de Janeiro para o seu país 267,3 milhões de dólares, o que significa um acréscimo de 7,3% a mais que no mês homólogo de 2011, segundo revelam dados do Banco Central (BCR) daquele país que diga-se, é o mais pequeno da América Central e por sinal também o mais povoado já que conta com mais de 5 milhões de habitantes. (Em Janeiro do ano transacto, as remessas totalizaram 249,2 milhões de dólares).
O relatório do Banco destacou o facto das "remessas enviadas pelos pelos seus emigrantes, em Janeiro é o mais elevado, desde 2008, antes da crise económica que afecta os Estados Unidos".
Tal facto, apontam analistas fica a dever-se aos sinais positivos registados na economia americana, durante o quarto e último trimestre de 2011.


«As remessas dos emigrantes salvadorenhos (território que faz fronteira a norte com  as Honduras e a Guatemala e banhada a sul pelo Oceano Pacífico) são uma contribuição importante para a economia nacional». São até consideradas «um dos pilares fundamentais para a economia de El Salvador». E para se ter uma ideia mais exacta basta referir que durante o ano de 2011, as remessas contabilizadas atingiram 3,648 milhões de dólares o que equivale a cerca de 16% do produto interno bruto nacional. De acordo com dados oficiais, cerca de 2,5 milhões de salvadorenhos vivem e trabalham nos EUA. 

domingo, 11 de março de 2012

Dupla (ou até tripla) Efeméride


No passado dia 6 de Março bem se pode dizer que estivemos perante uma dupla ou quiçá tripla efeméride - o assinalar da passagem dos 85 anos do escritor Colombiano, residente de há muito no México, mas também a edição Digital do seu best-seller «Cem Anos de Solidão» e para mais quando se  cumprem 45 anos sobre a primeira edição desta grande obra literária, mas que o Nobel da Literatura não considera no entanto a sua obra-maior (obra-mor) reservando essa honra a «Amor nos Tempos de Cólera». Um feito como nos refere a AFP:
Quarenta e cinco anos depois de sua primeira publicação, o romance emblemático "Cem anos de solidão" de Gabriel García Márquez sai pela primeira vez à venda em edição digital coincidindo com os 85 anos do escritor colombiano. 
"A 6 de março, Gabriel Garcia Márquez completa 85 anos e queremos comemorar com a publicação de 'Cem Anos de Solidão em formato digital'", informou a editora Mondadori, que publica o Nobel de Literatura em espanhol.  "Considerada uma das obras mais importantes" da literatura hispano-americana, o romance já pode ser lido em espanhol, em diferentes plataformas e livrarias digitais de Espanha, da América Latina, Estados Unidos e Europa, precisou. A primeira edição de "Cem Anos de Solidão" saiu em maio de 1967, publicada pela editora Sudamericana em Buenos Aires. Desde então, o livro foi traduzido para 35 idiomas, vendendo milhões de exemplares em todo o mundo. Misturando fantasia e realidade, o livro "Cem Anos de Solidão" conta a história de sete gerações da família Buendía no povoado fictício de Macondo, situado em algum lugar da costa colombiana entre os séculos 19 e 20.

Autor de obras-primas da literatura, em espanhol como "O amor nos tempos de cólera" (que o escritor considera aliás a sua obra-maior), "Ninguém escreve ao coronel" ou "Crónica de uma Morte Anunciada", García Márquez nasceu a dia 6 de março de 1927, na cidade colombiana de Aracataca.

sábado, 10 de março de 2012

Bienvenidos ao "Siesta"

Chama-se "Siesta" e é um restaurante tipicamente Mexicano. 
Um ambiente acolhedor, com cores quentes ...e muita alegria, acompanhada de musica única, que significa "festa", são algumas das características do novíssimo Restaurante Mexicano, que passou a estar ao dispor dos amantes da cozinha mexicana. logo ali no Passeio Marítimo de Algés.






"A ideia" adiantam 
os promotores do novo restaurante foi "transportar para Portugal um pouco da cultura Mexicana, quer ao nível gastronómico, através de ementas tipicamente Mexicanas, quer dos costumes e tradições" deste povo, elementos aliás bem patentes tanto na decoração como nos cheiros, cores, aromas, sabores que se respiram e provam na comida tradicional daquele país. A juntar a tudo isto o calor humano do atendimento, qual “viagem” ao 
México,  entrando logo ali direi eu, no “Siesta”.

Ah e bem pode o leitor/ouvinte fazer uma visita prévia, virtual…bela , agradável,  sem dúvida! Mas não será bem a mesma coisa, pois os cheiros e aromas, ainda não estão à distância de um click !!!

in B80radio.com edição de 11 de Fev. 2012

quinta-feira, 8 de março de 2012

Empresas Portuguesas na América-Latina

Sonae Sierra investe na Colômbia 
A "Colômbia está na pole-position para novos investimentos" da «Sonae Sierra», num mercado que a empresa já conhece "razoavelmente" está estável e tem uma classe média interessante" adiantou Fernando Guedes da Silva,  presidente executivo da «Sonae Sierra» que, recorde-se desenvolve actividade  naquele país latino-americano desde Junho de 2010. 
A "Sierra Central" a quem compete a prestação de serviços na área dos centros comerciais na Colômbia é detida em partes iguais (50%) pela empresa portuguesa e a "Central Control", a colombiana responsável pela gestão do Jardim Plaza, um dos principais centros comerciais em Cali, que é nada mais nada menos que a terceira maior cidade do país e também do Centro Chipichape, construído na mesma cidade. 

A empresa do grupo Sonae especialista em centros comerciais é proprietária de 49 centros comerciais em Portugal, Espanha, Itália, Alemanha, Grécia, Roménia e Brasil e está a prestar serviços a terceiros em Chipre, Sérvia, Marrocos e claro na Colômbia.

Teixeira Duarte com obras na Venezuela 
Já o grupo Teixeira Duarte desenvolve actividade ao nível da engenharia e construção na Venezuela, onde tem em curso várias obras, nomeadamente em La Guaira.  
Os trabalhos executados pela TD – Engenharia e Construções decorre de um concurso ganho pela construtora portuguesa no valor de 398,8 milhões de dólares, o equivalente a 275 milhões de euros, visando a intervenção no molhe oeste do porto de La Guaira. 
Realizada ao abrigo do acordo luso-venezuelano ao nível económico e energético esta obra para os «Puertos del Litoral Central PLC» insere-se nos planos de expansão e modernização do Porto de La Guaira e vem reforçar a carteira de obras da Teixeira Duarte noutros pontos do globo.


Mota-Engil constrói  estradas no Peru 
Por seu turno a Mota-Engil prossegue os trabalhos de construção e recuperação de estradas, nomeadamente, o acesso a uma mina na região de Cusco, obra essa no valor de 125 milhões de euros, que é composta por quatro empreitadas, com prazos entre 390 e 450 dias. 


O grupo português de construção e engenharia continua a fazer crescer as suas "operações neste mercado, sendo que a sua carteira actual ascende a qualquer coisa como 360 milhões de euros".

in B80radio.com





segunda-feira, 5 de março de 2012

Coincidências ...com musica à mistura

Recuemos um pouco no tempo e estabelecemos as pontes deste episódio que envolve a Musica, no caso um cantor mexicano...ou não fosse essa a razão de ser deste nosso "blogar"

Reza a história, individual de cada um dos intervenientes, que nunca se conheceram, mas entre o criador da Aplle -STEVE JOBS e ERASMO CATARINO existe um elemento comum… a "Maçã" que continua a identificar a conhecida marca de computadores mas também e curiosamente o tema «La MANZANITA» popularizado preciamente pelo jovem cantor MEXICANO. E seria aliás este facto ou coincidência que contribuiu para impulsionar a divulgação do tema e, por inerência do cantor, nos últimos tempos, muito para lá até do seus país de origem por força das redes sociais, acrescente-se.

Perguntará o leitor (ouvinte) quem será afinal este Cantor?  É nada mais que um jovem como muitos outros, no México, na Colômbia ou Portugal buscam de uma oportunidade,  de se dar a conhecer mostrando em concursos televisivos os seus dotes artísticos...
Erasmo Catarino participou e venceu um daqueles concursos tipo «A Voz de Portugal», os «Idolos» organizados pelas as Têvês portuguesas para conquistar audiências, sabendo que a apoiar os "novatos" nestas andanças estão sempre os "Papás e demais familiares, os amigos, colegas" de escolas, liceus e por aí adiante...


Mas dizia eu, que este jovem cantor vencedor de «La ACADEMIA» (programa da TV Mexicana) se viria a converter num dos mais conhecidos na rede social TWITER, precisamente através desta coincidência – a canção «La Manzanita sobejamente divulgada, por altura do falecimento extemporâneo do criador da Aplle e que viria a dar frutos ou seja uma maior divulgação do tema e do cantor mexicano.

«Bendito seja STEVE JOBS pelo que fez em prol da música» expressaria na altura  Erasmo Catarino. «As diversas ferramentas usadas pela Aplle, nomeadamente o ITUNES vieram ajudar os cantores e compositores musicais nesse combate contra a pirataria. Temos de lhe agradecer por isso» sublinharia ainda o jovem cantor e compositor do México...

Erasmo ficou famoso recorde-se, ao ser vencedor absoluto de um reality show de "La Academia" (precisamente a sua quarta edição) e por interpretar com muita personalidade o tema «La MANZANITA»!

A vida continua e Erasmo Catarino conta já com 2 discos editados e um terceiro álbum na forja contendo «temas mexidos, para dançar e para todos os gostos, procurando que as pessoas se divirtam» destaca o cantautor mexicano, "dono" de uma performance muito própria em palco, tirando partido da voz e das canções que o haveriam de numa (in)feliz coincidência tornar conhecido.


in b80radio.com

sexta-feira, 2 de março de 2012

Império asteca revisitado

Um conjunto de 23 lápides astecas, com mais de 550 anos foi descoberto no México, entre os vestígios do templo maior de Tenochtitlán, a antiga capital do império asteca onde hoje se ergue o centro histórico da Cidade do México.
 
O achado foi feito por técnicos do Instituto Nacional de Antropologia e História (INAH) mexicano, já no final do ano passado, junto à plataforma circular decorada com cabeças de serpentes que havia sido encontrada anteriormente.


Esta descoberta  que surge na sequência da realização de obras destinadas a criar um novo acesso ao museu do templo maior, tendo os trabalhadores do INAH deparado com estas lajes do século XV, que contam mitos desta "antiga civilização".
 
Segundo referiu Rául Barrera, arqueólogo responsável pelas escavações, as lápides, que medem, em média, 50 centímetros de altura e 40 de largura, corresponderiam «à etapa de construção do templo maior, erguido entre 1440 e 1469» e apresentam serpentes, prisioneiros, ornamentos e guerreiros ou seja relatam mitos sobre o nascimento de Huitzilopochtli, deus asteca da guerra e da origem da guerra sagrada desta cultura.
 
Depois da descoberta procede-se agora a um estudo e investigação mais aprofundados sobre todo este património que após limpo e restaurado poderá ser contemplado pelos visitantes do museu. De acordo com o arqueólogo, a colocação de um piso de cristal sobre as peças irá permitir aos visitantes do museu do templo maior, "admirar a magnificiência deste valioso e antigo espólio".