Translate

terça-feira, 7 de outubro de 2014

Nobel dos Direitos Humanos atribuido a Mexicana

Em maré de Prémios "Nobel " o dos Direitos Humanos vai para uma Mexicana. Sim é verdade não só existe a distinção, como ela recai em alguém cuja actividade tem sido na defesa dos Direitos dos Cidadãos.

Alejandra Ancheita, Advogada,  lutadora social  e membro activo de uma das várias Organizações Não Governamentais existentes na America Latina  acaba de ser coonsiderada « Nobel de los Derechos Humanos» como reconhecimento de todo o trabalho e dedicação aos mais desprotegidos da sociedade mexicana.  
Alejandra Ancheita, Nobel dos Direitos Humanos 2014
Esta lutadora social há mais de duas décadas, é conhecida no seu pais e também na America latina, por levar aos Tribunais casos de empresas que não respeitam os direitos das comunidades indigenas do seu país - o Mexico.
A galardoada com o Prémio  Martin Ennals 2014, espera que esta nomeação contribua para promover "melhores condições e incremente a segurança, para todos os defensores dos direitos humanos no meu próprio país" referiu a propósito Ancheita. 
Em forma de desafio a advogada aponta o caminho ao Governo Mexicano a quem compete «fazer os maiores esforços no sentido de garantrir segurança a todas aquelas pessoas que arriscam as suas próprias vidas, na defesa dos direitos enquanto seres humanos, daqueles que são os mais necessitados e desprotegidos desta sociedade».

Alejandra Ancheita, é advogada, fundadora e diretora geral da ProDESC, uma Organização Não Governamental (ONG) criada no já distante ano de 2005, precisamente para apoiar e defender  os migrantes , trabalhadores e comunidades indígenas existentes no México.