Translate

quarta-feira, 1 de outubro de 2014

nos 75 anos da Orquesta Aragón ...fez-se história !

"Orquesta Aragón", assim se chama uma das mnais antigas e populares referências da música cubana que agora perfaz 75 anos. Cienfuegos, 250 quilómetros a sudeste da capital cubana foi o seu berço, mas o verdadeiro palco seria o mundo, onde conquistou públicos, confirmou êxitos e fez história.

O grupo muiscal inicialamente conhecido como "Ritmica 39", foi fundado em Cienfuegos a 30 de setembro de 1939, por iniciativa do contra-baixaisya Orestes Aragón, carpinteiro de ofício. 
história da musica cubana passa pelos 75 anos da Orquesta Aragón
A instalação em definitivo em Havana a partir de 7 de agosto de 1955 viria a tornar-se importante no caminho seguido pela banda, que seis meses passados, já fazia a sua estreia internacional no Panamá. Levando o mambo e o chachachá na bagagem, espalhando ritmos por todos os palcos, afirmando êxitos que contagiariam públicos na Venezuela, Guatemala e Estados Unidos. E entre "Cienfuegos" de 1935 e de 2014 vão ja mais de sete décadas, êxitos de ontem, hoje e de sempre como por exemplo "El Bodeguero", "Cachita", "Pare Cochero", "Guajira con tumbao" e  "Tres lindas cubanas" e uma longuissima partilha de temas e ritmos cubanos em mais de 40 países e nos mais variados continentes, escrevendo-se assim a história da "Orquesta Aragón" e da cultura de um povo e país -Cuba !

A comemorar os 75 anos da sua fundação a hoje "Orquesta Aragon", segue com êxito pelos caminhos da música, conquistando públicos não apenas em Cuba mas um pouco por toda a America Latina. E depois de um concerto comemorativo na sua cidade de origem também conhecida por Pérola do Sul, da recente subida aos palcos na Colômbia, ruma à Venezuela onde a  4 de outubro, com diversos outros agrupamentos cubanos, participa num concerto gigante no "Poliedro de Caracas". 

 Que viva a música cubana e os três quartos de século da «Charanga Eterna» !