Translate

quinta-feira, 26 de setembro de 2013

"BATALHA" dos exemplos e das comparações


O Município da Batalha vai ser "contemplado" com 600 bicicletas destinadas a estudantes que residam a mais de 4 quilómetros da escola onde residam... Há ainda mais 100 Bicicletas para os munícipes poderem usufruir...na rede pública municipal. 

Pois é,  dito desta forma bem poderia parecer que estávamos a fazer algo pelas crianças, jovens e cidadãos em geral e também pela mobilidade, bem como pela melhoria da qualidade ambiental.

De facto assim é, mas o exemplo vem do outro lado de lá do atlântico, no Brasil. Pesem embora as distâncias, os problemas, as desigualdades, a chamada interiorização que também por lá é sentida, a pobreza, os êxitos económicos é desse grande país que nos chega a medida ou decisão, partilhada sublinhe-se entre Municípios, Ministério da Educação e Governo...


Esta disponibilização de BICICLETAS acontece mesmo, no âmbito de uma parceria então entre a Perfeitura Municipal de Batalha (Câmara na lusa linguagem) e o Governo do Estado. É no quadro de um programa de promoção da mobilidade a que decidiram chamar ««Pedala Piaui» e vai abranger não um, mas os vários municípios Piauis.

Destas 600 Bicicletas 340 destinam-se a alunos da "Unidade Escolar Conselheiro Saraiva (Estadual) e 260 aos alunos da Rede Municipal de Ensino - zona rural.
Pedala Piauí é uma iniciativa do Governo do Estado e da Secretaria de Estado da Educação e Cultura (Seduc) que adquiriram 70 mil, terei escrito ou compreendido bem !!?? Devagar então, setenta mil bicicletas (é um sete e um, dois, três quatro zeros, bateu certo) para os municípios piauienses que começam a sair de Batalha ( lá no Brasil ) para serem entregues aos estudantes...

Sempre gostava agora de ouvir alguns papagaios que há por aí, se,pre muito atentos e solícitos a pegarem em exemplos, as boas experiências feitas lá pelas américas , por cá nas europas para não falar das populosas ásias e propagandearem o que se devia fazer, implementar, seguir. Será que agora vão abrir telejornais, escrever vários linguados, fazer reportagens junto do Governo/Governantes e dos autarcas ou candidatos a sê-lo como quem tem a chave do futuro ... Coragem precisa-se toca lá a dar o primeiro passo !!!Cc09-13

quinta-feira, 12 de setembro de 2013

Santana " reconhecido" após criticar exclusão de latinos

Carlos Santana o famoso guitarrista mexicano vai ser agraciado nos Estados Unidos, com um prémio do "Centro Kennedy" só atribuído aqueles que influenciaram com sua arte a cultura estadounidense.

Aquela distinção por parte do "Centro Kennedy para as Artes Cénicas" é considerada das mais importantes que se pode obter nos "States" e surge após críticas de que os Latinos estavam a ser marginalizados ou excluídos deste prémio, independentemente das suas origens, artes e influências na cultura dos Estados Unidos.
Carlos Santana - premiado por influenciar cultura estadounidense

O próprio Carlos Santana, em entrevista, chamava a atenção para o facto de "não se tratar" apenas e só de "um simples guitarrista mexicano".  

«A minha motivação é estimular a consciência universal» disse o músico de 66 anos de idade.
"Cresci com a geração de Woodstock y Bob Marley, 'One Love', e 'Imagine', John Lennon. "Eu sou um deles" e como tal, digo que "não fazemos o que fazemos com fins comerciais, para ser popular, nos Estados Unidos ou no Mundo ou porque somos mais ou menos bonitos". O que fazemos "não é mero entretenimento, nem se trata de sermos meras peças da industria do espectáculo". Para mim e todos esses outros, que referi,  este é «um dom ou chamamento» a que respondemos com o que de melhor fazemos e sabemos"  diria o exímio guitarrista, originário de um pequeno e remoto povoado, no México, que "um dia imigrou com a sua família para San Francisco, disposto a conectar culturas e estilos musicais..." frisou.

Carlos Santana recebe este prémio do "Centro Kennedy" atribuído também ao músico Billy Joel, ao músico de jazz Herbie Hancock, à estrela da ópera Martina Arroyo (que é de ascendência portoriqueña) e à actriz Shirley MacLaine. 
Um "Concerto/Gala de atribuição deste "prémio de honra", máximo nos Estados Unidos, será realizado e gravado a 8 de dezembro para passar na cadeia de televisão CBS, a 29 de dezembro.  

Como imigrante mexicano, Santana é o único entre todos os "galardoados" na história da atribuição deste prémio cultural, atribuído pelo "Centro Kennedy para as Artes Cénicas" dos Estados Unidos da América. De referir ainda que dos 180 vencedores contabilizados até este ano, apenas dois são de origem hispânica. 

"Saltibus" criada para servir população da grande "Saltillo"


Saltillo, capital do estado de Coahuila, no Mexico conta agora com um novo e moderno sistema de transportes. 



As Rotas - Roja, Amarrilla y Verde entraram em funcionamento já a 15 de agosto, constituindo três das 12 rotas ou circuitos, previstos para servir a população da cidade, que se cifra em cerca de 650 mil habitantes, a que se devem juntar ainda mais 100 mil, na denominada área metropolitana de Saltillo.


"Saltibus" assim se chama o novo operador de transportes nesta área metropolitana e resulta da junção das várias empresas de transportes de passageiros. 

A criação deste novo operador - "Saltibus" que é uma aposta do Governador do Estado de Coahuila, vem permitir uma melhor gestão e manutenção global da frota, das instalações inerentes ao seu parqueamento e área oficinal, a que se junta um sistema de rotatividade dos motoristas, que agora surgem ao serviço, dotados de farda e após terem realizado formação específica. 
Para trás ficam largos anos de actividade, em que cada motorista conduzia apenas o seu autocarro, cobrando as tarifas de bordo, contabilizando receitas em função do número de passageiros transportados. 
Desprovidos de fardamento e conduzindo na grande maioria dos casos, viaturas com 12 e mais anos ao serviço, que agora saem de circulação, ao abrigo da legislação vigente no México, como na maioria aliás, dos países do mundo onde os transportes públicos tem de cumprir normas de qualidade e sobretudo segurança relativamente aos passageiros, os motoristas manifestam satisfação pelas novas condições de trabalho na "Saltibus". Já as populações, dizem adeus a qualquer coisa como 100 viaturas de diversas empresas que circulavam neste território e em circuitos sem qualquer interligação e aguardam com expectativa a implementação do novo sistema de transportes públicos.

A operar vão estar um total de 80 autobuses, marca Internacional, com 12 metros de comprimento e uma capacidade para 110 passageiros, 49 dos quais sentados. Dotados de um motor ecológico, instalado na traseira do veículo, considerado panorâmico, tal a dimensão das suas janelas e de piso rebaixado, as novas viaturas estão dotadas de um sistema de bilhética que permite o uso de pré-comprados bem como a realização de transbordos, entre linhas ou rotas, num período até 75 minutos (1 hora e 15 minutos) contados precisamente a partir da primeira passagem da Tarjeta de viagem pelo sistema. 

Saltillo é recorde-se uma cidade localizada na região sudeste, a 75 quilómetros de Monterrey, estado de Nuevo León e que está 400 km ao sul da fronteira com o Texas, Estados Unidos da América.

quarta-feira, 4 de setembro de 2013

Vila do Mexico cria próprio sistema de telecomunicações

Num mundo global as comunicações, são fundamentais. Hoje já poucos "recusam" entrar na "onda dos telemóveis e da internet" ... Mas muitos são ainda, os locais no mundo sem cobertura de redes móveis ou com deficientes ligações fixas ... Por outro lado as grandes operadoras de telecomunicações preferem ignorar a existência das pessoas e as suas necessidades de estabelecer a comunicação com o exterior.. e nesse dilema, alguém optou por alterar o cenário de isolamento comunicacional a que estava a ser votado.


"Villa Talea de Castro", um pequeno povoado no México, com apenas 2.500 habitantes decidiu criar a sua própria rede de telecomunicações. 

Um serviço mobile criado pelos próprios moradores, mediante o pagamento mensal de 15 pesos (85 cêntimos) quando anteriormente nas cabines telefónicas existentes,  pagavam 10 pesos (60 cêntimos por minuto... seria  a solução encontrada com recurso a equipamentos adquiridos no país vizinho - os Estados Unidos.

Mas o mais curioso desta história é a exigência aos moradores de Villa Talea, por parte de uma operadora, para que fosse realizado um "abaixo assinado" com 10.000 assinaturas, a solicitar intervenção da empresa naquela área territorial. 

"Tenho dois filhos que vivem fora do povoado e pelo menos duas ou três vezes por semana me comunico com eles", diz Ramiro Pérez, funcionário de um restaurante e adepto da rede de telefonia local. "Além disso, meus clientes me pedem comida por telefone. agora posso fazer todas as chamadas necessárias para meus assuntos familiares e para meu negócio", adianta com satisfação o empresário mexicano. .

Há pouco mais de três meses, antes da criação da RCT, os habitantes do povoado contavam apenas com cabines telefônicas para se comunicar. Agora todos podem realizar as chamadas locais que desejarem desde que não demorem mais de cinco minutos, por forma a não saturar as 11 linhas disponíveis localmente. E o sucesso é uma realidade que conta já com 600 subscritores mensais da RCT- Rede de Comunicações de Talea.

funcionamento da rede 
a comunicação móvel é feita por intermédio de um equipamento de sistema global, conhecido por GSM, de baixo custo, software livre e tecnologia VoIP (voice over IP) que permite transmitir voz, de forma digital, por meio da internet para todo o mundo. E à povoação foi concedida uma licença por dois anos, por parte comissão federal de Telecomunicações (Cofetel) para testar o equipamento e servir esta Vila do interior do Mexico. 


fonte: http://canaltech.com.br/noticia/telecom/Indigenas-mexicanos-cria-sua-propria-rede-de-telefonia-movel/#ixzz2dvbXLA9y