Translate

quarta-feira, 31 de dezembro de 2014

Brasil e Colômbia aumentam salários dos trabalhadores

"Reais" sálarios aumentam em 2015
Os brasileiros preparam-se para entrar em 2015 com o pé direito e a carteira um nadinha mais recheada, ou com essa ideia bem presente no primeiro mês do novo ano. É que o Governo de Dilma Roussef, qual prenda de Natal (ou Ano Novo, se quiserem) decidiu aumentar o valor do salário minimo em 8,8 pontos percentuais. O novo valor do salário dos trabalhadores já a partir de 1 de Janeiro de 2015, passa então para os 788 reais, que o mesmo é dizer 239 Euros.
Recorde-se o inicio do mês de dezembro, altura em que a Presidenta do Brasil, Dilma Roussef anunciou a intenção de aumentar os salários dos tabalhadores, redefinir a tabela de impostos e encontrar uma alternativa ao actual sistema de segurança social vigente, neste magno e populoso país onde a os indices de população idosa são uma realidade. 
O Brasil continuará em 2015 a ser um país com crescimento do seu PIB muito positivo, na ordem dos 3 a 4 por cento, pese embora um ligeiro abrandamento da sua economia face aos últimos anos, mas ainda assim com valores bem acima das nulas (ou quase) taxas de crescimento previstos para a maioria dos paises europeus, situação que faz perdurar a actual crise económica e acentuar as preocupações generalizadas dos habitantes destes paises.    

Pesos vão valer mais no novo ano
Na Colômbia preparara-se igualmente um 2015 menos duro por via da aprovação de um aumento dos salários dos trabalhadores. Aqui o aumento do salário minimo deverá ser na ordem dos 4,2 por cento, bem longe é certo dos 9,5 inicialmente propostos pelas centrais sindicais do pais mas que ainda assim significam um ganho face ao salário atual. Reinvindicações, posições extremadas de parte a parte, certo é que as Centrais Sindicais vieram a aproximar-se da proposta levada à mesa pelo ministro do trabalho Luis Eduardo Garzón e que podera então chegar aos 4,2 pontos percentuais consensualizados logo no arranque das negociações e com efeitos já a partir de 1 de janeiro de 2015. 

Os trabalhadores manifestam esperança em 365 dias melhores com este esperado aumento. Recorde-se que o salário minimo, actualmente na Colômbia é da ordem dos 616 mil pesos ou seja 300 dolares o que equivale a cerca de 247 Euros. 

A Venezuela por seu turno, não faz muito tempo, recordemos, decidiu aumentar os salários dos trabalhadores em cerca de 12 por cento, procurando assim a recuperação do poder de compra dos venezuelanos, a braços com indices de inflação elevados e a grande especulação na venda de bens alimentares e equipamentos para a habitação, numa situação que tem exigido, ao longo do ano agora findo, uma forte e enérgica intervenção fiscal do Governo de Nicolas Maduro.