Translate

quarta-feira, 17 de dezembro de 2014

Garcia Maquez nas mãos dos colombianos

Uma edição de notas e moedas com a imagem de Gabriel García Márquez, será não apenas uma forma de render tributo ao homem e escritor que foi Prémio Nobel da Literatura, mas sobretudo mostrar às gerações futuras quem foi esse grande colombiano, humanista, letrado e democrata. 
 
Gabriel Garcia Marquez o mais Universal dos Colombianos
A ideia de fazer de "Gabo" como era abreviada e carinhosamente conhecido o escritor colombiano, uma figura presente no quotididiano dos seus concidadãos, surgiria logo após o seu falecimento, a 17 de abril passado, quando contava 87 anos de idade. Depois, ganhou forma a edição de uma série de notas e moedas, com o rosto do "mais universal dos colombianos". Agora, após alguns meses de maturação da proposta que foi sendo merecedora de vários apoios e incentivos, nomeadamente por parte de diversas organizações sociais deste pais latinoamericano, chegou a vez da " Cámara de Representantes del Congreso de Colombia" não apenas debater a ideia, como aprovar um projecto de lei que ordena ao Banco da República, a emissão de papel e moeda, contendo tão ilustre colombiano. Seguir-se-à certamente, a assinatura do Presidente Juan Manuel Santos relativamente a esta proposta e ao reiterar da importància da obra e do legado de Garcia Marquez, nascido em Aracataca, Departamento de Magdalena, ao norte da Colômbia. Depois, Garcia Marquez vai passar de mão em mão e pelas carteiras dos concidadãos este país da America Latina, numa justa e merecida homenagem que ditará a sua "permanência" no quotidiano dos colombianos.