Translate

domingo, 28 de dezembro de 2014

Legado "Formell" continua no novo CD e Orquestra

O legado de "Juan Formell" que durante quase, quase 45 anos esteve à frente da grande e prestigiada Orquesta não só está bem patente no novo CD acabado de sair, como terá continuidade na carreira de Los Van Van.

"La Fantasia" assim se chama o novo trabalho discográfico de Los Van Van, numa homenagem ao maestro e fundador desta grande e acarinhada orquestra cubana. Falecido em maio passado, Juan Formell, deixaria trabalho feito, nomeadamente um tema interpretado ao piano pelo maestro, mas que se destinaria à jovem Luna Manzanares. 
Falando de "Fantasias" e com a visão de Formell, relativamente à música e aquele momento mágico que é estar nos "Grammy Latinos", em Las Vegas, tal como aconteceu com o fundador dos Van Van, em 2011, «melhor não poderíamos encontrar para abrir o primeiro album gravado após a partida de Juan Formell», explica Samuel, baterista da Orquesta e fillho do mentor desta lenda da música cubana. E na verdade vivemos na "Fantasia" ao escutar a voz do próprio Juan Formell a que se juntaram as vozes das crianças que integram o Coro Diminuto, dirigido por Carmen Rosa López, num tema que se tornou uma peça muito forte e emotiva. 
Los Van Van lançam CD de Homenagem ao Maestro Juan Formell
La fantasía" é composto por 14 temas, alguns dos quais da escolha do maestro para aquilo que ia delineando quanto a um novo CD e compostos pelo próprio, como são os casos de "Me basta con pensar, "Se vende", "Es mucho", "El aparecido" y "La fantasía", que como dissemos dá nome ao disco, numa merecida homenagem a Juan Formell (1942-2014), à sua historia e sua musica”, afirmou Samuel Formell, o novo diretor da emblemática orquestra musical cubana.
O apelido "Formell" continua forte nas composições do mais recente trabalho de Los Van Van, já que integra os filhos do maestro e compositor - Juan Carlos, que aqui apresenta o tema "Bótalo y guárdalo", enquanto Samuel escreveu "Todo se acabó" e " Soy Van Van", onde temos a oportunidade de escutar "la trompeta" de Alexander Abreu, como convidado. Uma estreia a registar é a Armando Cantero (Mandy), um dos cantantes da orquesta e agora também como compositor dentro de Van Van, através de "Soy añejo", um tema que é afinal a história "del songo”. E de outro dos elementos da banda  Roberto (Roberton) Hernández, podemos ouvir "Somos diferentes". Cantado tambem por Roberton este é o reflexo "del espíritu de los cubanos y en especial de los habaneros”.

"La Fantasia" é um disco gravado nos estudios EGREM e GML Recording Studios, nos Estados Unidos numa produção de Samuel Formell e contém temas de autoria de Samuel, Jorge Leliebre, Boris Luna e Efraín Chibás. A capa do album tem autoria da artista plástica Ernesto Rancaño, sendo o desenho de Alberto Medina e as fotografías têm assinatura de Ivan Soca.
«Trabalhar com Juan Formell, foi uma lição para toda a vida e musicalmente é um compromisso, muito sério com o povo cubano, esse de dar continuidade ao caminho aberto pelo Maestro, em 1969. É isso que os Van Van colocam em primeiro plano, no seu trabalho diário e que este CD também evidencia. "Seguiremos adelante"» sublinha Roberton em nome dos integrantes do agrupamento musical cubano.