Translate

sexta-feira, 12 de dezembro de 2014

Viajar de "moto" como Che Guevara

Viajar de moto, em Cuba é uma das muitas propostas turisticas. E se ao conhecimento da ilha de Fidel, lhe juntarmos a particularidade de utiilizar as míticas motos Harley-Davidson, ainda mais interessante se torna a viagem. Por cá diz o povo "não há duas, sem três..." e na verdade devemos aduzir o facto de Che Guevara, ter sido amante das emblemáticas motos da conhecida marca. Tudo se conjuga para um produto duplamente histórico-turistico já que a empresa promotora destes passeios em Havana, tem a responsabilidade de um filho do célebre gerrilheiro Che Guevara, seguindo aliás uma das paixões de seu progenitor, retratada recorde-se, na película "Diários de motocicleta".
O filme produzido no ano de 2004, pelo brasileiro Wlater Sales tem como protagonista o mexicano Gael García Bernal, que encarna a personagem de Guevara.

"La Poderosa Tours" assim se chama a agência, que proporciona circuitos com destinos distintos, que combinam o deleite das variadas paisagens desta formosa ilha, com o contacto intimo de uma parte significativa da história de uma Revolução ímpar, no mundo!

Harley-Davidson nas rotas turisticas de Havana
A agência do advogado cubano, Ernesto Guevara, de 49 anos de idade, que é o mais novo dos cinco filhos de Che, foi designada de "La Poderosa" em virtude da ligação do jovem guerrilheiro, à motocicleta britãnica "Norton 500" com a qual haveria de percorrer Argentina, Chile, Perú, Colômbia e Venezuela entre dezembro de 1951 e julho de 1952, então acompanhado de seu amigo argentino Alberto Granado. 
Uma travessia que marcaria para sempre Che Guevara, o jovem médico,  amante da poesia e das motos, além de ser defensor dos diretos humanos que ficou para na história das lutas pela libertação dos povos e paises da America Latina.