Translate

quarta-feira, 2 de julho de 2014

Celtas, os povoadores de territórios musicais

"Celtas Cortos" é uma popular banda de Castiila y Leon e têm encontro marcado com o público, no mais mais popular dos festivais realizados em terras transmontanas- o Festival Intercéltico de Sendim.
Habituados a um cruzar de realidades e vivências, que tão bem se podem traduzir por música, diversos protagonistas sobem ao palco naquela que é ja a 15ª edição de um encontro cultural que ganhou fama e aprofunda ligações, partilha saberes e sabores deste território, que em tempos chegou a ter uma linha de fronteira...

E da história do festival passamos à vida dos «Celtas Cortos» cuja origem remonta a 1984, altura em que uma boa parte do grupo integrava o colectivo de música do Instituto Delicias de Valladolid. Das suas aventuras musicais conta-se um concurso organizado por una discoteca da cidade, várias eliminatorias passadas com êxito até à final e um prémio que em pesetas contava muitos zeros - 100.000 pts mas coisa pouca em euros (600 €). Na realidade o popular tabaco sem filtro da época dava nome aos "Celtas"que haveriam dois anos depois de se apresentar em crescendo até à gravação do primeiro disco de vinil, com o apoio da  Junta de Castilla y León, graças à classificação cimeira num concurso por esta organizado.
“Así es como suena” foi o disco zero e cartaz levado de editora em editora até que os estudios Trak em Madrid se abrem e o sonho se vai tornando realidade para os Celtas Cortos. O primeiro disco íntegramente instrumental seria um ponto alto na carreira desta banda espanhola, a que se seguiram muitos outros, bem como as apresentações dentro e fora dos limites geográficos da sua Castilla y Leon. Chega agora a vez de  escuchar e dançar ao ritmo destes "Celtas" que vêm povoar os ares de Sendim com os olhos postos nel duero e Miranda...  
 
15º Festival intercéltico de Sendim
«Celtas Cortos» (Castilla y Leon) - 2 de agosto